A pandemia global do vírus Corona (COVID-19) é uma crise sem precedentes e os hotéis estão entre as muitas empresas que estão sentindo os efeitos, à medida que as restrições globais a viagens entram em vigor e países inteiros enfrentam procedimentos de "bloqueio". Este artigo oferece dicas para proprietários de hotéis que procuram maneiras de otimizar a receita e limitar os danos.

Menu rápido:

Qual é o efeito da crise do Coronavírus nos hotéis?

A crise da Corona (COVID-19) teve um impacto significativo na indústria hoteleira e na hospitalidade como um todo, com restrições de viagens sendo impostas por governos em todo o mundo. Eventos locais, nacionais e até internacionais foram cancelados, com exemplos como o ITB Berlin Travel Trade Show, o UEFA EURO 2020 e os Jogos Olímpicos.

Como as empresas enfrentam restrições e os trabalhadores enfrentam incertezas quanto às viagens e à segurança no trabalho, um grande número de viagens e eventos de negócios também foram cancelados. Enquanto isso, a insegurança financeira causada pela crise fez com que menos pessoas reservassem férias, mesmo para mais tarde em 2020 ou 2021.

Hotéis em todo o mundo estão enfrentando quedas na ocupação de até 90% e, em alguns casos, estão até sendo condenados a fechar. Isso significa perda substancial de receita, apesar dos custos contínuos. Como resultado, muitos proprietários de hotéis estão tendo que lidar com problemas de fluxo de caixa e problemas que nunca experimentaram antes e não tinham capacidade de prever.

11 dicas para hotéis durante a crise da Coroa (COVID-19)

Para muitos proprietários de hotéis, a atual crise do vírus Corona (COVID-19) parecerá desanimadora e pode ser difícil saber o que fazer. No entanto, os hotéis que ainda estão em funcionamento podem tomar medidas para proteger os hóspedes e funcionários do hotel e otimizar a receita. Abaixo, você encontrará dicas de como fazer isso e se preparar para o futuro, quando a normalidade voltar.

Dicas para comunicar medidas de higiene

A higiene é uma das coisas mais importantes a se focar durante a crise Corona (COVID-19) e as dicas a seguir podem ajudar:

1. Adote medidas preventivas para hóspedes e funcionários

Talvez o passo mais importante que qualquer hotel possa tomar seja a adoção de algumas medidas preventivas, a fim de proteger os hóspedes e funcionários. Essas medidas devem incluir o desenvolvimento de rotinas regulares de lavagem das mãos, praticando o distanciamento social apropriado e ensinando os funcionários a evitar tocar seus olhos, nariz ou boca.

Além disso, medidas podem ser implementadas em todo o hotel, para manter os hóspedes seguros. Por exemplo, quartos e espaços públicos precisarão ser limpos regularmente, usando produtos desinfetantes. Qualquer roupa também deve ser lavada com desinfetante e você precisará manter registros precisos, caso seja necessário rastrear o contato.

2. Comunique as medidas de higiene do seu hotel aos (potenciais) hóspedes

Além de agir, é importante que você realmente comunique as medidas que tomou aos convidados, ou convidados em potencial, a fim de inspirar confiança e aliviar quaisquer preocupações que eles possam ter. Por exemplo, na página inicial do seu site e durante o processo de reserva, explique quais medidas você tomou para manter as pessoas seguras.

Para todos os hóspedes que você tem atualmente nos livros, que ainda planejam ficar em seu hotel, você pode enviar uma mensagem antes da chegada. Esta mensagem pode explicar algumas das medidas de precaução que você tomou para minimizar o risco e também fornecer instruções para os hóspedes, para que também se comportem de forma responsável durante sua estadia.

Dicas para “otimizar” a receita do seu hotel

Uma parte importante da gestão diária de hotéis envolve a otimização da receita e as dicas abaixo podem ajudar:

3. Canais de distribuição online

Onde a distribuição de quartos de hotel ainda é possível, é importante tentar capitalizar em toda a gama de canais de distribuição online. Isso significa, por exemplo, trabalhar com agentes de viagens online, registrar-se em sistemas de distribuição global e otimizar listagens em plataformas de metabusca de hotéis.

Durante os períodos de baixa demanda, é especialmente importante tentar preencher quaisquer lacunas em seu mix de distribuição e garantir que seu hotel seja o mais visível possível para os clientes que procuram quartos. Lembre-se de não negligenciar o site do seu próprio hotel, pois este é o seu canal de distribuição mais valioso, devido à falta de taxas de comissão associadas.

Encontre informações mais detalhadas sobre gerenciamento de distribuição no artigo “Dicas para aumentar suas reservas de hotel por meio de OTAs“.

4. Estratégias de preços

Durante a pandemia Corona (COVID-19), pode ser sensato adotar algumas das estratégias de preços que você pode adotar durante outros períodos de baixa demanda. Isso pode significar cobrar taxas de quarto mais baixas, a fim de preencher quartos que, de outra forma, poderiam ficar vagos. No entanto, existe um ato de equilíbrio aqui.

Se a demanda for muito baixa e você estiver lidando com uma quantidade minúscula de hóspedes, baixar os preços pode ser prejudicial, pois você pode não atrair hóspedes extras e acabar recebendo menos receita dos hóspedes que possui. Também é importante que suas decisões de preços durante a crise não tenham implicações de longo prazo, afetando a percepção dos clientes sobre o seu hotel.

Nosso artigo, “Estratégias de preços para aumentar a receita do seu hotel”, explica mais.

5. Up-Selling e Cross-Selling

Onde as vendas ainda são possíveis, é importante tentar capitalizar a receita extra que pode ser obtida por meio de esforços de venda incrementada e cruzada. Exemplos de aumento de vendas incluem incentivar os hóspedes a reservar quartos maiores ou com uma vista melhor, que você pode vender por mais do que o preço original que eles pagariam.

A venda cruzada, por outro lado, envolve a venda de produtos ou serviços adicionais. Em ambientes de hotel, isso pode significar encorajar os hóspedes que reservaram um quarto de hotel a também reservar um dia de spa ou usar o restaurante do hotel. Durante a crise atual, esses esforços podem precisar se concentrar em reservas de longo prazo ou vendas de vouchers.

Encontre informações mais detalhadas sobre estratégias de upsell no artigo “How Much Revenue Could Your Hotel Make From Upselling?”.

6. Entregas de alimentos e bebidas

Uma das maneiras mais inovadoras de alguns hotéis se adaptarem à crise da Corona é unindo-se a serviços de entrega como Deliveroo e Uber Eats, a fim de gerar receita com entregas de alimentos ou bebidas. Isso pode ajudá-lo a evitar situações em que o suprimento de alimentos seja desperdiçado e pode, simultaneamente, ajudar a reduzir os problemas de fluxo de caixa.

Como alternativa, dependendo da orientação do governo local, alguns hotéis também podem criar serviços de coleta, onde a população local pode fazer pedidos online ou por telefone e coletar alimentos ou bebidas com segurança. Em termos de dicas adicionais, pode ser sensato entrar em contato com moradores e visitantes regulares, que podem ter o desejo de apoiar os negócios locais.

Setor hoteleiro Corona-covid19

7. Vender vales-presente

Alguns hotéis oferecem vales-presente, que podem ser usados para quartos, refeições no restaurante do hotel ou uso das instalações do hotel, como spas. Oferecer esses vouchers e promover sua disponibilidade nas redes sociais pode ser uma forma de manter a receita proveniente de hóspedes locais ou regulares, que estão demonstrando disposição em apoiar seus negócios favoritos.

Os clientes que adquirirem um vale-presente poderão resgatá-lo assim que a propriedade for reaberta ou quando as restrições de viagem forem suspensas. Enquanto isso, a vantagem para quem está no setor hoteleiro é a possibilidade de continuar ganhando dinheiro, o que pode ser essencial para limitar os problemas de fluxo de caixa de curto prazo.

Os hotéis podem organizar vouchers-presente de forma independente ou usar aplicativos de vouchers-presente para fazer isso. Na Holanda, por exemplo, houve uma joint venture de fornecedores, incluindo Coca-Cola, Heineken e Unilever, que organizou uma plataforma nacional (https://www.helpdehoreca.nl/) para apoiar a indústria da hospitalidade.

Dicas para se preparar para tempos melhores

Para alguns hotéis, pode ser melhor se concentrar em impulsionar o desempenho quando voltarmos à normalidade, usando as seguintes dicas:

8. Obtenha conhecimento e treine funcionários

Embora a situação com o vírus Corona (COVID-19) seja lamentável e os hotéis tenham de enfrentar perdas de receita, é importante ficar de olho no futuro e entender que as coisas vão melhorar. Com isso em mente, uma das maneiras de usar o tempo é garantir que sua empresa e sua equipe estejam o mais prontos possível para quando as coisas começarem de novo.

Isso pode significar fornecer materiais de treinamento para os funcionários. Em áreas onde os funcionários estão sendo solicitados a se isolar ou aderir a um distanciamento social estrito, esses materiais podem ser distribuídos online. Em última análise, desenvolver o conhecimento de sua equipe o ajudará a ser mais competitivo quando as coisas eventualmente voltarem ao normal.

9. Foco nos esforços de manutenção

Embora possa não ser uma preocupação imediata durante uma crise, com seu orçamento sob pressão, a crise do Coronavirus oferece aos hotéis uma oportunidade única de realizar trabalhos de manutenção sem interromper os hóspedes, devido às baixas taxas de ocupação ou fechamentos temporários. Isso pode incluir tudo, desde consertar equipamentos quebrados até uma limpeza completa.

Essencialmente, o tempo pode ser usado para garantir que seu hotel esteja nas melhores condições possíveis quando for reaberto. Uma das melhores dicas é também aproveitar esse tempo para tirar novas fotos e vídeos do seu hotel para fins promocionais. Afinal, os quartos estarão vazios, tudo pode ser feito o mais limpo possível e as paredes do hotel podem ser pintadas.

10. Otimize as estratégias de marketing e distribuição

Outra forma importante de os hotéis planejarem dias melhores é usar o tempo durante a pandemia Corona (COVID-19) para otimizar as estratégias de marketing e distribuição. Isso pode significar repensar as plataformas em que você anuncia e as mensagens de marketing que você divulga, a fim de atrair hóspedes para o seu hotel no futuro.

Pense em seus pontos de venda exclusivos e nos motivos específicos pelos quais os hóspedes devem escolher seu hotel. Você também pode usar o tempo para pensar sobre distribuição, otimizar canais de distribuição atuais e pensar em novos, especialmente quando se trata de trabalhar com agentes de viagens online, mecanismos de metabusca de hotéis e plataformas online semelhantes.

Nosso artigo, “Estratégias essenciais de marketing para hotéis”, explica mais.

11. Automatizar processos e usar testes de software

Os fornecedores de software também estão sofrendo com a pandemia Corona (COVID-19), pois os hotéis estão cortando seus orçamentos. No entanto, os dois grupos podem potencialmente ajudar um ao outro. A baixa ocupação ou o fechamento total do hotel fornecem a você a oportunidade de experimentar um novo software e automatizar processos, a fim de economizar em certos custos de mão de obra.

Por exemplo, pode ser um momento útil para repensar seus processos de reserva, a maneira como você calcula os preços dos quartos, seu planejamento de limpeza ou a eficácia de sua jornada atual do cliente. Alguns dos softwares que podem ser úteis incluem sistemas de gerenciamento de propriedade, sistemas de gerenciamento de receita e software de manutenção.

Em muitos casos, levará tempo para configurar os sistemas de software e construir o conhecimento necessário. No entanto, muitos fornecedores também oferecem períodos de teste gratuitos em seus softwares durante a crise do Corona, permitindo que você experimente antes de se comprometer totalmente. Exemplos de fornecedores de software que oferecem seu software gratuitamente durante a crise Corona são Oaky (Ferramenta de upsell para hotéis) e HiJiffy (Chatbot para hotéis).

Dicas para hotéis otimizarem a receita em períodos de baixa demanda

Para os proprietários de hotéis, a baixa temporada e outros períodos de baixa demanda representam um grande desafio, pois menos quartos sendo reservados significa menos dinheiro entrando e isso pode ter sérias repercussões no fluxo de caixa. No artigo “Dicas para hotéis para otimizar a receita em períodos de baixa demanda” você encontra dicas que o ajudarão a atingir esse objetivo e a manter uma situação financeira saudável.
Conclusão

Por que os hotéis devem enfatizar a higiene no conteúdo de marketing

Com a eclosão do COVID-19 alterando fundamentalmente todo o cenário de viagens, é essencial que os hotéis se adaptem. Uma das maiores áreas de preocupação para os viajantes é a higiene, e as mensagens de marketing precisam ser adaptadas para refletir essa mudança de prioridades se você quiser convencer as pessoas a ficarem com você.

Leitura “Higiene é a nova mensagem de marketing para hotéis” para uma visão mais abrangente da importância da higiene para os hóspedes e como os hotéis podem capitalizar isso por meio de suas mensagens de marketing.

Como a higiene pode ser auxiliada por meio do check-in móvel

Um número crescente de hotéis está entendendo os benefícios dos aplicativos de check-in móvel, que permitem que os hóspedes cheguem e tenham acesso ao seu quarto, sem a necessidade de uma chave, proporcionando uma experiência muito mais integrada. Claro, além da eficiência extra fornecida, este método também pode ser promovido como um meio de manter os padrões de higiene.

Verificação de saída “Aplicativo de check-in móvel para hotéis: quais são os benefícios?”E você encontrará mais informações sobre o que os aplicativos de check-in móveis realmente são, como a tecnologia funciona e as inúmeras maneiras como podem ser vantajosos.

Mais dicas para se preparar para tempos melhores

A crise da pandemia de coronavírus (COVID-19) atingiu duramente a indústria hoteleira e de viagens. Devido a bloqueios (parciais), restrições de viagens e distanciamento social, eventos de negócios e viagens de férias são adiados ou cancelados, resultando em uma queda nos negócios.

No categoria “Corona” você encontra uma seleção de dicas que ajudam as empresas que operam no setor de hospitalidade e viagens a se recuperar e se preparar para tempos melhores.

Para os hotéis, a atual crise da Corona (COVID-19) apresenta desafios significativos e não há respostas fáceis. No entanto, usando as dicas fornecidas, você poderá manter a equipe e os hóspedes seguros, otimizar a receita que está gerando durante a pandemia e preparar-se totalmente para um retorno à normalidade, de modo que possa ser o mais competitivo possível.

Mais dicas para expandir seus negócios

Revfine.com é uma plataforma de conhecimento para a indústria de hospitalidade e viagens. Os profissionais usam nossos insights, estratégias e dicas práticas para se inspirar, otimizar receitas, inovar processos e melhorar a experiência do cliente. Você pode encontrar todos dicas de hotéis e hospitalidade nas categorias Gestão de Receitas, Marketing e Distribuição, Operações Hoteleiras, Pessoal e Carreira, Tecnologia e Programas.

Submeter um artigo