Gestão de receita dentro do setor de hospitalidade envolve prever a demanda do consumidor, a fim de otimizar o processo de vendas, permitindo que as empresas vendam pelo preço certo, para o cliente certo, na hora certa. Em um hotel, isso pode significar recusar negócios agora, a fim de fazer negócios mais lucrativos amanhã. Quando realizada corretamente, a gestão de receitas pode ser extremamente eficaz, ajudando as empresas a aumentar significativamente suas margens de lucro. Aqui, fornecemos 10 dicas de gerenciamento de receita para hotéis.

Menu rápido

1. Crie uma cultura de gerenciamento de receita

A primeira de nossas dicas de gerenciamento de receita envolve a criação de uma cultura de gerenciamento de receita dentro da sua organização, mas o que isso realmente significa? Essencialmente, significa que a gestão de receitas não é algo que deva ser deixado inteiramente para os principais tomadores de decisão; é algo que todos deveriam estar cientes.

Ao criar uma consciência de o que é gestão de receita e por que isso é importante para o seu hotel, você pode encorajar comportamentos positivos de todos os membros da equipe. Se perceberem por que isso é necessário, é mais provável que tomem cuidado ao registrar os dados e usem esses dados para tomar boas decisões baseadas no conhecimento.

2. Mantenha registros consistentes e relevantes

A coleta de dados está no centro do processo de gerenciamento de receitas e os dados que seu hotel coleta formarão a base para quase todas as suas tomadas de decisão. No entanto, alguns hotéis coletam muitos dados, o que serve apenas para confundir as coisas. É, portanto, vital que os registros sejam relevantes e consistentes.

Você precisa identificar exatamente quais informações precisam ser coletadas e como esses dados devem ser registrados. Então, para facilitar a vida das pessoas que precisam usá-los, um conjunto de práticas padronizadas deve ser introduzido, garantindo que todos os envolvidos na coleta dos dados usem métodos consistentes.

3. Oferecer incentivos para reserva direta

Embora parceiros de distribuição pode ser uma grande ajuda, de modo geral, é preferível atrair reservas diretas. Esse método é o mais provável de fidelizar o cliente, dando aos hóspedes um valor vitalício para o seu negócio, em vez de um valor único. Como a maioria das reservas diretas são feitas online, seu site deve ser bem mantido.

Em uma época em que os preços podem ser comparados em sites de terceiros em um instante, o truque para atrair reservas diretas é oferecer incentivos de valor. Por exemplo, os programas de fidelidade oferecem a chance de obter um preço mais baixo em troca de negócios repetidos, enquanto outras ideias incluem a oferta de descontos em alimentos ou wi-fi grátis para clientes diretos.

4. Esteja ciente de mudanças nos hábitos do cliente

Uma grande parte da gestão de receitas de hotéis envolve o uso de dados históricos para tomar decisões no presente e no futuro. No entanto, os dados históricos às vezes podem ser confiados demais e os proprietários de hotéis ou administração de hotelt pode perder mudanças importantes que ocorreram mais recentemente.

Com o passar dos anos, você provavelmente verá mudanças em sua base de clientes. Essas mudanças podem ser coisas como a idade média de um convidado, mas podem ser mais sutis. Por exemplo, você pode notar uma mudança na maneira como o cliente médio reserva um quarto. Tente manter o controle do pulso tanto quanto possível e esteja ciente das mudanças de hábitos.

5. Concentre-se no valor de venda

Um dos melhores gestão de receitas de hotéis dicas é pensar em oferecer o máximo de valor possível. Parte da otimização de preços é entender quando você não precisa necessariamente comprometer seus preços. Na verdade, entregar maior valor pelo mesmo preço é uma maneira de conseguir isso.

Ao oferecer extras de valor agregado, como descontos em noites adicionais e até mesmo, quando a demanda for baixa o suficiente, uma noite adicional gratuita, você pode se dar ao luxo de ser mais corajoso com seu preços, resultando potencialmente em uma receita maior.

6. Previsão e demanda do mapa

Claramente, antecipar a demanda é uma das partes mais essenciais de qualquer estratégia de gestão de receita e isso requer previsão. Também é importante prever coisas como disponibilidade de quartos e participação de mercado. No entanto, você também deve tomar medidas para tentar mapear de onde vem a demanda.

Os hotéis normalmente têm acesso a informações excelentes sobre seus hóspedes, especialmente em termos de onde eles são. Ao comparar essas informações com dados históricos, deve ser possível identificar áreas onde a demanda está crescendo e outras tendências associadas, potencialmente levando a um aumento de negócios dessas regiões no futuro.

7. Use a automação apenas nos lugares certos

Muitos hotéis dependem fortemente da automação e isso pode parecer uma dádiva de Deus. No entanto, às vezes, a automação também pode ser inimiga do gerenciamento de receita eficaz, que exige a tomada de decisões complicadas, com base em fatores como oferta, demanda, custo de fazer uma venda e assim por diante.

Para ficar claro, ainda há uma função para a automação dentro de um estratégia de gestão de receita. Afinal, o software moderno é capaz de lidar com árvores de decisão bastante complicadas e você não quer que a equipe fique atolada com a entrada de dados. No entanto, um bom gerenciamento de receita também requer decisões humanas, pensamento inovador e riscos ocasionais.

8. Priorize a otimização móvel

A última de nossas dicas de gerenciamento de receita gira em torno da otimização móvel de sites de hotéis. Se ainda não o fez, é absolutamente essencial que faça as alterações necessárias no seu site, para que a experiência do usuário no celular seja tão simples quanto em um desktop ou laptop.

O celular é agora uma das fontes de receita mais importantes. Na verdade, o Google revelou recentemente que as pesquisas na web móvel estão agora superando as pesquisas originadas no desktop, enquanto a pesquisa da Net Affinity mostra que as transações móveis em sites de hotéis aumentaram 32 por cento em um período de 12 meses de 2015 a 2016.

9. Implemente o preço aberto

Especialistas que oferecem dicas de gerenciamento de receita para hotéis geralmente enfatizam o valor de adotar um modelo de preços aberto. Em essência, essa é uma estratégia de precificação que se afasta dos modificadores fixos associados a muitas outras abordagens de precificação, permitindo que as taxas sejam adaptadas com base no público-alvo, no canal e em suas próprias necessidades.

O preço aberto permite que os hotéis utilizem uma gama mais ampla de diferentes preços e segmentem segmentos de mercado específicos. Também pode ajudar os hotéis a evitar situações em que os quartos não são vendidos, porque os preços não atendem às necessidades do público. Os hotéis podem maximizar os ganhos, enquanto os clientes têm a oportunidade de se beneficiar de tarifas mais personalizadas.

Para obter mais informações sobre preços abertos, leia “Open Pricing: Por que é a próxima estratégia de gestão de receita hoteleira”.

10. Abrace a Tecnologia

Muitas dicas de gestão de receita para hotéis estão focadas em preços e distribuição, mas é importante entender o papel que a tecnologia pode desempenhar para tornar um hotel mais desejável também. Os hóspedes de hotéis modernos esperam poder usar wi-fi e conectar vários dispositivos, sem atrito e com excelente desempenho.

Indo além, os hóspedes buscam cada vez mais hotéis que Internet das Coisas (IoT) para fornecer maior controle de salas, mais automação e uma experiência perfeita. Então, é claro, os hotéis podem atrair mais hóspedes e cobrar mais pelos quartos se puderem usar a tecnologia para inovar e proporcionar mais emoção.

O que é gerenciamento de receita?

Os hotéis que buscam otimizar seu desempenho financeiro precisam se concentrar na venda dos quartos certos, para os clientes certos, no momento certo e pelo canal certo. Isso requer uma antecipação da demanda futura e de outros comportamentos do cliente e é aí que entra o conceito de gerenciamento de receita.

Leia o "O que é gerenciamento de receita?”Artigo para descobrir muito mais sobre o que é gerenciamento de receita, como pode ser implementado e por que beneficia os hotéis. Você também poderá encontrar informações sobre algumas das principais estratégias de gerenciamento de receita e as principais ferramentas que podem ser usadas para aprimorar sua abordagem.

O que é Total Revenue Management?

A ideia básica por trás do gerenciamento de receita total é gerenciar cada fonte de receita para obter a lucratividade máxima. Isso é obtido usando técnicas de gerenciamento de receita, como análise de dados, a fim de antecipar a demanda, prever o comportamento do consumidor e otimizar a disponibilidade e os preços de acordo.

Confira "Total Revenue Management: como os hotéis podem maximizar suas receitas”Para saber mais sobre o gerenciamento de receita total como um conceito, as várias maneiras como pode beneficiar os proprietários de hotéis, algumas dicas importantes sobre a implementação de uma estratégia de gerenciamento de receita total e alguns dos principais indicadores de desempenho a serem rastreados.

Seguindo as dicas acima, deve ser possível implementar uma estratégia de gerenciamento de receita eficaz, permitindo que você combine a oferta e a demanda e gere o máximo de receita possível.

Mais dicas para expandir seus negócios

Revfine.com é uma plataforma de conhecimento para a indústria de hospitalidade e viagens. Os profissionais usam nossos insights, estratégias e dicas práticas para se inspirar, otimizar receitas, inovar processos e melhorar a experiência do cliente. Você pode encontrar todos dicas de hotéis e hospitalidade nas categorias Gestão de Receitas, Marketing e Distribuição, Operações Hoteleiras, Pessoal e Carreira, Tecnologia e Programas.

Submeter um artigo