Para proprietários de hotéis e outros líderes de negócios que operam no indústria de viagens, é importante acompanhar as últimas tendências digitais. Deixar de fazer isso pode resultar na obtenção de vantagem competitiva pelos rivais, ao mesmo tempo que pode impactar negativamente a experiência do cliente, prejudicando potencialmente sua reputação.

Neste artigo, você aprenderá sobre seis das tendências digitais mais importantes que os profissionais do turismo precisam conhecer e às quais se adaptar se quiserem otimizar o desempenho dos negócios com sucesso.

7 tendências digitais na indústria de viagens


1. Tecnologia de reconhecimento

A tecnologia de reconhecimento já está sendo muito utilizada em alguns hotéis, com digitalização de retina e digitalização de impressões digitais sendo usadas para desbloquear quartos de hotel. Isso pode melhorar o experiência do cliente eliminando a necessidade de manter um cartão-chave ou usar uma chave física; ambos podem ser perdidos ou roubados.

Conforme a tecnologia avança e se torna mais amplamente aceita, podemos esperar que a biometria facial seja usada para autorizar pagamentos automaticamente ou fazer check-out automático no hotel. Isso poderia reduzir drasticamente as filas, liberando funcionários do restaurante ou da recepção para lidar com clientes que precisam de assistência mais prática.

Exemplo: check-in de reconhecimento facial no Marriott China

 

Encontre informações mais detalhadas e exemplos sobre casos de uso de reconhecimento facial na indústria de viagens no artigo “4 maneiras que o reconhecimento facial pode ser usado na indústria de viagens”.

2. Robôs

De todas as tendências digitais emergentes nas viagens e industria do turismo, um dos mais interessantes é o uso de robôs para realizar tarefas inteligentes. Isso abre um grande número de utilizações potenciais, que vão desde o atendimento ao cliente até o processamento de dados. Um exemplo particularmente bom das possibilidades é o robô 1A-TA da Amadeus.

Distribuído por 'aprendizagem profunda' tecnologia, espera-se que, em um futuro próximo, os agentes de viagens e outros turismo profissionais poderão utilizar o robô como assistente digital. O robô pode descobrir informações dos clientes enquanto eles estão sentados na sala de espera, analisar preferências e recomendar destinos adequados de maneira inteligente.

Exemplo: assistente do agente de viagens experimental da Amadeus usando o robô Pepper

 

Encontre informações mais detalhadas e exemplos sobre casos de uso de robôs na indústria de viagens no artigo “Robôs na indústria de viagens: 8 exemplos do mundo real”.

3. Integração móvel

Na era dos smartphones, a integração móvel é mais importante do que nunca e é uma das tendências digitais que podem ser implementadas com mais facilidade na indústria do turismo. Por exemplo, um aplicativo móvel dedicado para um hotel pode ser usado para facilitar o quarto reservas, reservas em restaurantes, solicitações de serviço de quarto e compromissos no spa.

Além das funções de autoatendimento, a integração móvel pode ser usada junto com o beacon tecnologia para enviar mensagens promocionais quando forem mais relevantes, com base na localização física. Além disso, os aplicativos móveis podem ser combinados com a tecnologia IoT (descrita posteriormente neste artigo) para permitir que os hóspedes controlem os aparelhos da sala a partir de seus telefones.

Exemplo: Descubra à mão

 

4. Chatbots e inteligência artificial (IA)

Um dos mais emocionantes tendências digitais dos últimos tempos tem sido o aumento do uso de chatbots. Essa tecnologia tem sido uma revelação para o atendimento ao cliente e pode ser utilizada por quem trabalha no setor de viagens para fornecer tempos de resposta rápidos às consultas básicas. Crucialmente, os chatbots podem fornecer respostas rápidas mesmo no meio da noite.

Isso também se encaixa com o surgimento da inteligência artificial de forma mais geral. Talvez o exemplo mais notável disso até agora tenha sido um projeto combinado de Hilton e IBM, resultando em 'Connie' - um robô de atendimento ao cliente impulsionado por IA, que é capaz de responder à fala humana, aprender com as interações e fornecer informações turísticas.

Exemplo: crie sua viagem de reserva de bot

 

Encontre informações mais detalhadas e exemplos sobre casos de uso de inteligência artificial na indústria de viagens no artigo “How Artificial Intelligence is Changing the Travel Industry”.

5. Personalização

Quando se trata de atendimento ao cliente, maior personalização está entre os principais pedidos e aqueles dentro da indústria de viagens estão tomando nota. Big data e o aprendizado baseado em máquina fornecem aos hotéis oportunidades de oferecer uma experiência mais personalizada para os hóspedes, e essa tendência só aumentará nos próximos anos.

Algoritmos complexos podem ser usados para fazer vendas cruzadas de produtos e fazer previsões sobre as necessidades, com base no comportamento de clientes do mesmo local, reservando o mesmo quarto, na mesma época do ano. Tecnologia os quartos também podem ser configurados para saudar os hóspedes pelo nome, enquanto os hotéis podem até mesmo ser capazes de fornecer sugestões de viagens geradas automaticamente, com base nos interesses e preferências do usuário selecionados durante o processo de reserva.

Exemplo: tecnologias de personalização para a indústria de viagens

 

6. Internet das coisas (IoT)

Outra tendência digital em gerência de Turismo é 'A Internet das Coisas'. Que se refere ao uso de recursos de Internet em dispositivos do dia a dia, permitindo-lhes enviar e receber dados. Isso é extremamente útil na indústria do turismo, pois pode ser implantado para reduzir custos automaticamente e melhorar a experiência dos clientes, sem a necessidade de intervenção humana.

Por exemplo, os sistemas de energia inteligentes podem ser usados para ajustar automaticamente a temperatura ambiente com base na ocupação dos quartos, eliminando o desperdício de energia em quartos vazios. Os hotéis Starwood até utilizaram a tecnologia IoT para ajustar automaticamente a intensidade das lâmpadas, com base na quantidade de luz natural detectada.

Exemplo: Marriott, Legrand, Samsung - IoT Guestroom of the Future

 

Encontre informações mais detalhadas sobre o 'Internet das Coisas' na indústria de viagens no artigo “Como a Internet das Coisas (IoT) pode Beneficiar a Indústria de Viagens”.

7. Realidade Virtual (VR) e Realidade Aumentada (AR)

Finalmente, VR e AR também estão cada vez mais sendo implantados dentro do viagem e Turismo indústria. No caso da RV, várias redes de hotéis estão experimentando, permitindo que os clientes experimentem uma recriação virtual de seus quartos de hotel durante o processo de reserva, antes mesmo de pisar neles fisicamente, permitindo escolhas mais informadas.

A realidade aumentada, por sua vez, é normalmente implantada por meio de um aplicativo de smartphone e é usada para aprimorar ambientes do mundo real por meio de sobreposições. Isso pode significar, por exemplo, que um usuário pode apontar seu telefone para um restaurante e ver comentários de clientes ou apontar seu telefone para um mapa de hotel e encontrar informações adicionais sobre atrações próximas. Outros exemplos podem incluir mapas virtuais interativos ou Vídeos 360 para apresentar um resort, Cruzeiro ou destino turístico antecipadamente.

Exemplo: a primeira experiência de reserva e pesquisa de viagens em realidade virtual do mundo

 

Encontre informações mais detalhadas e exemplos sobre como a realidade virtual pode beneficiar sua empresa neste artigo “How Virtual Reality is Transforming the Travel Industry”.

Para evitar ficar para trás, é vital que os profissionais da indústria de viagens acompanhem as últimas tendências digitais. Ao compreender e fazer uso de algumas das tecnologias acima, você será capaz de acompanhar os rivais e até mesmo ganhar uma vantagem sobre algumas, ao mesmo tempo em que melhora a experiência do cliente para seus hóspedes.

Mais dicas para expandir seus negócios

Revfine.com é uma plataforma de conhecimento para a indústria de hospitalidade e viagens. Os profissionais usam nossos insights, estratégias e dicas práticas para se inspirar, otimizar receitas, inovar processos e melhorar a experiência do cliente. Você pode encontrar todos dicas da indústria de viagens nas categorias Marketing e Distribuição, Pessoal e Carreira e Tecnologia e Software.

Submeter um artigo